« Archives in fevereiro, 2011

Concepts dos Personagens e um Capture da Primeira Cena.

Pessoal,

    aqui vão os concepts do personagens (os modelos 3D virão até o final da semana) e um capture de teste da cena inicial do curta, com a modelagem mais trabalhada.

Abraços!

Clique na imagem abaixo para ver o vídeo:

Alguns Concepts do Cenário

Pessoal,

    esses foram uns desenhos feitos para termos idéia de como seria o cenário do curta. Foi bom para eu e o Du chegarmos em um visual que agradasse aos dois e que nos ajudasse a pensar no itinerário dos personagens. :-)

Sobre a idéia e o título.

Eaí pessoal, pra quem tiver paciência de ler, tentei explicar um pouco nosso curta e o título.

Apesar de eu e o Daniel mudarmos um pouco o enredo, idéia original veio de uma conversa com meu pai sobre diversos assuntos (inclusive um sonho que tive) mas principalmente desses temas: física quântica, espiritualidade (que não tem nada a ver com espíritos, ou religião), a meditação e a nossa sociedade atual.

Mas acho que ela veio basicamente do nosso sonho de tentar mudar o mundo e deixar dele um lugar melhor para todos e de que todos podemos ajudar um pouco nesse objetivo.

Física quântica pela questão da relatividade da realidade e de como um observador pode alterar o resultado final de uma experiência e criar sua nova realidade.

Meditação pois as ondas cerebrais que formam as imagens são alteradas em um exercício de meditação, onde o objetivo é não pensar em absolutamente nada, focar apenas no presente, na sua respiração e, portanto, na nossa história ela seria usada como método de explorar todo o potencial do cérebro.

No fim, acabamos também dando um link para ecologia, mídia e mesmo sem saber acabamos percebendo que tem um pouco a ver com a Alegoria da Caverna de Platão.

A história basicamente seria: um ser, em uma sociedade conturbada , acorda de um estado alienado, violento e, através da meditação, muda sua realidade.

Ainda estamos no processo de definição do nome do curta, já tivemos a idéia “Mundus est in te” ( O Mundo está em você, em latim ).

“Ex Machina” é o segundo nome, talvez provisório também… Vem do latim “Deus Ex Machina” que significa “God out of the machine (Deus fora da máquina)”. Existem várias definições, quem tiver curiosidade, a wikipedia resume um pouco.

No curta fizemos um corte dessa definição, deixando apenas “Fora da máquina”, que seria algo que do tipo “fora da bolha”, fora do senso comum, da massa, que transcende seu estado normal.

E aqui vai uma prévia da nossa modelagem. Comentários sobre qualquer assunto são bem vindos.

Olá, mundo!

Eaí pessoal, meu nome é Eduardo Watanabe Ribeiro e estou cursando o Voyage 20 na Melies junto com Daniel Hodge, esse vai ser o blog do nosso curta, aqui iremos mostrar todo o nosso processo de produção. No próximo post explicarei melhor sobre a idéia geral.

Por enquanto deixo aqui para quem quiser ver, um blog com meus estudos pessoais desde o início do Voyage em agosto de 2010, quando ainda não era familiarizado com os aplicativos 3d http://duwatanabe.wordpress.com

Coloco aqui meu primeiro exercício de Zbrush mais completo (depois do Sr Incrível) e mais 2 estudos de luz e textura :